Crisântemos

Os Crisântemos estão entre as flores mais populares nos jardins brasileiros, devido a sua beleza e simplicidade no cultivo. Esta planta tem o nome científico de Chrysanthermum Morifolium. Podendo ser conhecida popularmente como Crisântemo-da-China, Monsenhor ou Crisântemo-do-Japão, pertencendo à família Asteraceae, apresentando um caule liso e botão arredondado.crisântemos

Esta flor tem a sua origem na Ásia, mais especificamente no Japão e na China. Se desenvolvendo com mais facilidade em regiões que possuem um clima Tropical, Subtropical, Temperado, Continental, Oceânico e Mediterrâneo, podendo sobreviver às temperaturas altas, medianas e baixas devido à sua resistência.

Veja abaixo, mais informações sobre essa planta:

Quando os Crisântemos Florescem

Os crisântemos se caracterizam por possuírem um ciclo de vida perene, ou seja, podem florescer durante todas as estações do ano, apresentando uma floração mais intensa na primavera e verão. Quando as temperaturas são mais elevadas e favoráveis para o crescimento da planta.

Ao crescerem, os Crisântemos podem atingir até 4º centímetros de altura. A planta possui flores dobradas ou simples em formato oval, na cor branca ou rosácea. As folhas são ovais e com uma textura espessa.

Cuidados Com o Cultivo dos Crisântemos

flor crisântemosOs Crisântemos são flores facilmente encontradas em jardins e campos, o que se deve à sua facilidade de adaptação ao solo e clima, necessitando de poucos cuidados para crescer saudavelmente. No entanto, é preciso escolher um local com o solo bem drenável.

O espaço também deve receber a incidência do sol, visto que a planta carece da luz solar para se desenvolver. Com relação às regas, os Crisântemos devem ser regados, ao menos, 2 vezes por semana. Mas em quantidade moderada para não encharcar o solo e consequentemente apodrecer a raiz.

Os canteiros podem ser enriquecidos com matéria orgânica para fortalecer a planta e obter flores mais bonitas e com maior durabilidade.

Sem comentário, seja o primeiro a comentar!

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *