Coreópsis

Os Coreópsis são flores de aspecto pomposo e chamativo, sendo ótimas para decorar jardins externos ou internos. Esta planta tem o nome científico de Coreopsis Lanceolata. Podendo ser conhecida popularmente como Margaridinha-Amarela. Além de pertencer à família das Asteraceas, apresentando um caule ereto com flores com botões em formato arredondado.

Os Coreópsis têm a sua origem na América do Norte, tendo sido descobertas mais especificamente nos Estados Unidos. O que faz com que esta flor se adapta com mais facilidade aos locais que possuem um clima Subtropical, Mediterrâneo, Tropical ou Temperado, uma vez que elas necessitam de calor moderado para crescerem.coreópsis flores e cuidados

Veja abaixo, mais informações sobre o cultivo:

Quando os Coreópsis Florescem

Os Coreópsis são flores que se caracterizam por possuírem um ciclo de vida anual. Então elas têm capacidade para florescer apenas uma vez ao ano. Mais precisamente no verão, quando os dias apresentam temperaturas mais favoráveis para que o seu desenvolvimento ocorra de maneira saudável.

Para obter uma floração mais intensa, o ideal é plantar os Coreópsis entre o fim do inverno e início do verão.

Estas flores quando crescem apresentam uma ramagem ramificada e densa. Com um botão arredondado e pétalas lanceoladas e espessas com coloração amarela, o seu comprimento pode chegar a até 40 cm de altura.

Cuidados Com o Cultivo dos Coreópsis

coreópsisAntes de qualquer coisa, é necessário começar escolhendo o local em que os devem ser cultivados, podendo ser jardins externos ou floreiras.

O espaço tem que contar com um solo fértil e bem drenável. Além de receber a incidência moderada da luz solar. Pois a planta precisa de uma temperatura mediana para crescer.

Para que os Coreópsis ofereçam uma floração mais atrativa é recomendado enriquecer o solo com substâncias orgânicas a cada 2 meses.

Com relação às regas, os canteiros devem ser regados pelo menos 3 vezes por semana com intervalo de 2 dias. Cuidado para não encharcar o solo.

Esta planta perde a vitalidade ao longo do tempo, devendo ser replantada após 2 anos.

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *